Lifestyle/ Vida com propósito

Atitude, Reação, Gratidão: 3 coisas que fizeram meu 2015 mais feliz.

Atitude: modo de agir ou pensar. Reação: ato ou sentimento em resposta a uma ação. Gratidão: reconhecimento de benefício recebido, por alguém ou pela vida.

O blog sempre foi uma espécie de diário gastronômico e pessoal – nos últimos meses, passei por tantas coisas diferentes que acredito ter chegado a hora de falar um pouquinho sobre (quase) tudo.

Há uns meses falei sobre como era cursar Gastronomia no Brasil. Essa ainda não é a segunda parte do post, é só um relato (ENORME) de minhas escolhas profissionais em 2015…

Durante esse ano, minha vida se misturou de tal maneira ao trabalho que algumas vezes parei de saber o que era sobre mim e o que era sobre trabalho. Já aconteceu com vocês? Ir dormir pensando nas coisas que tinha pra fazer, o restante da vida que se adequasse ao trabalho/estudo.

Foi certo? NÃO. Tive que diminuir o ritmo de tudo: atividade física, desregulei alimentação, sono, fiquei estressada. Em contrapartida, foram alguns dos trabalhos mais incríveis que participei. Um dilema, sabem? Mas e aí?

Acredito que mudanças de área “aos 45 do segundo tempo” justifiquem tanta ansiedade. Foi um mix de “preciso fazer” (trabalho) com “depois eu resolvo” (pessoal). Foi uma mistura de intuição com a tranquilidade de que depois eu ia conseguir recuperar (quase) tudo.

E nisso chego ao primeiro conceito do post: ATITUDE. Modo de agir ou pensar. Naquele momento inicial, minha atitude foi:

“Olha, a oportunidade é incrível, não pensa, vai lá e faz”.

E eu fui. E não consigo me arrepender. Tudo foi um processo, um desafio, um aprendizado. A Ciça Roxo, chef incrível com quem tive o prazer de ter aulas, uma vez me disse: “Oportunidade é um bicho peludo na frente e careca atrás. Se não agarrar de primeira, esquece”. Levo isso pra vida, e assim tem sido. 

Durante vários finais de semana (sexta, sábado, domingo e feriados) fiz um freela muito bacana para a Sextante: produção, food styling e fotografia das receitas do livro “Dieta dos Casais”, publicado em novembro:

 Captura de Tela 2015-12-14 às 09.15.33

Quem acompanha o blog pelas redes sociais foi vendo – ainda sem saber do que se tratava – pedacinhos de imagens apetitosas. À medida em que eu fazia, postava um pedacinho de algumas das receitas que testei, produzi e fotografei:
cozinho logo existo montagem livro

Arrasei minha lombar, lavei mais louça do que consigo imaginar em uma vida, cozinhei feito louca, fiz pratos que deram certo e outros nem tanto. Desenvolvi técnicas próprias, estudei muito sobre o tema, suei de nervoso, de calor, de alegria e fiz todas as 30 fotos sozinha. DONE.

Me descobri autodidata em food styling, fotografia, e expert em lavagem de louça. Não teve curso de foto, composição, iluminação. Teve bom senso, sentimento e muita chatice da minha parte. Aliás, acredito que para trabalhar com isso, um dos pré requisitos é: se está bom, é que ainda não está bom. O bom é inimigo do excelente.

Uma foto incrível tem que te fazer suspirar na hora. E é batata: a gente sabe quando a foto acontece. Achei que isso era papo de fotógrafo, mas não. É feeling.

Captura de Tela 2015-12-14 às 18.53.18

O livro ficou lindo. Mesmo. Olho pra algumas fotos e tenho a maior vontade de mudar um pano, um garfo, uma folha, mas aos pouquinhos estou aprendendo a relaxar: deixo essas alterações para os próximos trabalhos. A gente vai ficando escolada. =)

Nesse momento, vem o sentimento: GRATIDÃO. Não fosse a vida empurrando oportunidades, eu jamais saberia o que consigo fazer, como consigo fazer, em quanto tempo, de que forma, com que resultado.

Dificuldades fazem parte e nos fazem crescer.

Gratidão, Vida, pelas oportunidades. ♥

E nessa categoria tinha que entrar o Sirha Rio, onde aconteceu o Prêmio Bocuse D’Or – edição Brasil, com seleção dos brasileiros que irão competir no México. Três dias de backstage com muita ralação, louça, calor, comida ruim (pra gente, os jurados comeram bem), loucura de horário e fins de dia à base de omelette e vinho com os colegas de faculdade.

cozinho logo existo montagem sirha

Lavei louça, servi comida, sorri com todos os dentes aparecendo para as câmeras, fortaleci laços de amizade e conheci pessoas incríveis. Tomei esporro em 3 idiomas diferentes e ainda foi ótimo.

É isso: atitude, reação e gratidão. Não fossem elas, no primeiro esporro a gente vazava. Quer dizer: estive com pessoas com o mesmo ânimo de espírito que o meu, que passaram pelas mesmas coisas que eu e ainda assim, não hesitaram em continuar trabalhando, suando, com dor nas pernas, vontade de ir pra casa – mas com um sorriso no rosto.

Escolham bem suas companhias. Isso faz toda a diferença na vida.

Os posts da Richards. Aaaahhh, os posts da Richards. Que trabalho incrível. ♥ É só amor. Marca linda, identidade forte. Tenho muito orgulho de fazer parte do Mundo Richards:

cozinho logo existo montagem richards mundo richards inbrands

Além disso, meu 2015 quase inteiro (março a dezembro) foi ocupado com consultorias domiciliares prestadas para uma clinica aqui do Rio de Janeiro: aulas em que o cliente aprende a preparar pratos mais saudáveis.

Horas e horas atrás de um computador criando e desenvolvendo receitas (muitas vezes exclusivas para um cliente com um plano alimentar muuuito específico ou uma funcionária que precisa aprender técnicas básicas), trocando ingredientes em cima da hora, mudando cardápio meia noite tendo que estudar pra prova no dia seguinte, ou passar dólmã, ou escrever aqui no blog ou até mesmo atender a uma necessidade básica: DORMIR.

Foram horas e mais horas de consultorias, horários loucos, muito tempo no trânsito me locomovendo – em dezembro, mês em que concentrei muitas aulas, cheguei ao ponto de cochilar no volante voltando da casa de uma cliente -, enfim: muita ralação (e nenhuma hora extra).

cozinho logo existo montagem consultoria 1

Conheci muita gente boa. Encontrei anjos (de verdade) no caminho, aprendi que “ninguém é tão velho que não possa aprender, nem tão novo que não possa ensinar”. Ralei, passei por experiências interessantes e comecei a gostar muito de trabalhar com gente.

No meio do caminho, muito aprendizado e a necessidade de uma atitude mental de positividade. Quem trabalha nesse ramo sabe como estamos sujeitas a situações em que as pessoas estão totalmente fechadas ao novo, ao conhecimento, técnicas e principalmente à nossa passagem pelo seu ambiente natural.

cozinho logo existo montagem consultoria 2

Lidar com GENTE é difícil. Lidar com gente que acha que sabe tudo é mais difícil ainda. É preciso paciência, didática, carinho e até suavidade para ensinar. Graças a Deus, finalizei todas as consultorias com o coração leve e boas lembranças. Gente do bem, gente de bem.

E chegamos ao terceiro conceito: REAÇÃO. Ato ou sentimento em resposta a uma ação. Reaja negativamente a atitudes negativas, e você tem a receita para o desastre.

Reaja positivamente a atitudes negativas para neutralizar a espiral de negatividade em formação.

Ao lidar com uma eventual rejeição, descaso ou falta de comprometimento com o que eu tinha a oferecer, foi preciso olhar para alguns alunos como crianças retraídas em busca de aprovação. No fim das contas, esse olhar de amor fez toda a diferença. ♥

Em setembro teve Temporada Gourmet, no Shopping Casa & Gourmet. Falamos sobre alimentação viva em um dia que foi sucesso absoluto de público (rolou até super lotação!) e desenvolvemos 3 receitas deliciosas. Público incrível, interessado, fofo, e ainda ganhei as fotos lindas da Izabel Abreu. Foi sucesso.

cozinho logo existo shopping casa e gourmet temporada gourmet montagem

Sabe anjos no caminho? Então. Eles existem. São os seus amigos. Se você puder trabalhar com eles, faça isso. Eles te dão força, suporte, amor e ainda te ajudam a levantar quando você dá aquela tropeçadinha básica:

12194543_1036038413114787_8861827014573435461_o

Eu, a nutricionista Thais Branquinho e Vanessa Medeiros (sigam ela no insta, @vani4fit), uma das pessoas mais incríveis que 2015 me deu de presente.

Fui abençoada com a presença de pessoas com as quais eu pude contar sem nem pestanejar. Competentes, inteligentes, aplicadas, dedicadas. Que time. Gratidão, Gratidão, Gratidão.

follow your intuition

Essa foi a parte boa. A Gastronomia – como outras profissões – tem uma parte prática não muito bonita, de desvalorização do profissional.

Naturalmente, ao longo do ano, nem tudo foram flores: nossa condição de ser humano é colocada de lado para que a gente vire número, mão de obra “barata”, degrau para outras escaladas. Mesmo dentro da lógica de reagir positivamente, é difícil entender esse tipo de coisa.

No nosso país, infelizmente, isso é muito comum. Tenho uma conhecida que trabalhou em uma empresa de engenharia que atrasava – sistematicamente seus pagamentos: ela chegou a ficar 3 meses sem receber.

É de se pensar: se a empresa não passa por dificuldade financeira, qual a razão de tanto atraso? Covardia. E brasileiro se vira como pode, não é? Atitude positiva, mesmo que as contas cheguem, vençam e virem a esquina.

Como advogada, é difícil entender. Algumas coisas não se justificam. Infelizmente, muitos profissionais deixam passar batido com medo de se queimar no mercado. Eu, particularmente, acho essa lógica muito suja, muito desleal.

Longe de o trabalhador ter que sofrer com represálias. Queimado no mercado deveria ser quem sonega ou atrasa salário, que vai servir para pagar contas, escola do filho, colocar comida dentro de casa. Brasileiro tem que rebolar E MUITO pra dar conta do recado – e fazer tudo com graça, leveza e amor.

Ah, ainda teve faculdade no meio disso tudo… mas essa parte eu vou deixar para a continuação do post “Sobre Estudar Gastronomia no Brasil (parte 1)”.

  • Gostaram do post? Me contem nos comentários! ♥

Você também irá gostar de ler:

8 Comentários

  • Reply
    Bel
    15/12/2015 at 3:01 am

    Gente, que post bacana! Eu estava lembrando enquanto lia que estava folheando o livro Dieta de Casais e vi seu nome lá e fiquei alegre porque lembrei das fotos no Instagram e tal. Acho que tudo o que você disse é bem verdade. Eu sou muito grata a tudo que aconteceu na minha vida esse ano. Foi trabalhoso, penoso, mas que bom que aconteceu! Não quero perder nenhuma oportunidade também. Orgulho de você, Manu! Beijos

    https://oladobeldavida.wordpress.com/

    • Reply
      Manu
      28/12/2015 at 9:43 pm

      Maravilha, Bel!!! <3

  • Reply
    Taynah
    15/12/2015 at 8:26 am

    Manu, adorei o post. Vejo seus posts e a sua coragem e admiro muito essa mudança radical em vários aspectos da sua vida. As vezes me vejo presa na minha profissão, meio sem rumo. Me interesso muito pela gastronomia, mas fico pensando que caso troque de profissão, não sei nem por onde começar. Ver tudo o que vc fez em um ano inspira!

    Obrigada por compartilhar. Que 2016 tenha muito mais! ;*

    • Reply
      Manu
      15/12/2015 at 9:19 am

      Oi Taynah!
      Muito obrigada pelo comentário. Essa coragem não veio da noite para o dia. Fiquei muitos anos me perguntando o que queria fazer da vida, onde eu deveria estar. Hoje, estou muito feliz na Gastronomia. Mas cheguei à conclusão de que com o coração aberto e com disposição para fazer a diferença no mundo, a gente pode brilhar em qualquer lugar.
      É lógico que fazer o que se ama faz diferença sim, mas vejo pessoas que mesmo fazendo o que amam vivem de mal com a vida, reclamam de tudo e não valorizam a bênção que é poder estar ali, naquele lugar!
      Pense muito, tente encontrar dentro de você a sua motivação, o que te faz feliz. Comece devagar. <3
      Beijo grande, e que 2016 seja maravilhoso para todos nós!

  • Reply
    Thais
    15/12/2015 at 11:16 am

    A M E I
    o post e tudo o que você escreve!
    Quando buscamos dentro de nós a essência e reconhecemos nossa missão AQUI, encontramos a serenidade e a beleza de REALIZAR tudo o que sonhamos.
    Fiquei mega feliz por você Manu e adorei saber todas as suas realizações na Gastronomia. Parabéns!
    Que 2016 seja ainda mais surpreendente e mágico!
    Grande abraço!

    • Reply
      Manu
      22/12/2015 at 2:51 pm

      Oi Thais!!!
      Muito obrigada, você sempre com seus comentários super positivos!
      Obrigada pelo carinho, e que 2016 seja MÁGICO!!!
      Beijo grande,
      Manu

  • Reply
    Pedro Henrique
    15/12/2015 at 11:32 am

    Inspirador. Admiro profundamente seu compromisso com aquilo que te faz feliz. O resultado é visível em cada um de seus posts.
    Força!

    • Reply
      Manu
      22/12/2015 at 2:52 pm

      Se a gente não se compromete com o que nos faz feliz, o que sobra na vida fica muito vazio.
      <3

    Deixe um comentário