Publicado em Deixe um comentário

Drink de Sexta: Iced Coffee Chococcino

Depois de muito pensar, resolvi criar um dia temático aqui no blog: DRINK DE SEXTA!!! Pra inaugurar esse dia de festa e alegria, resolvi unir duas coisas que eu AMO.
1. nespresso
2. chocolate

PAH.

Eu adorava os cafés gordos e elaborados de uma certa cafeteria, mas eles são tão cheios de açúcar, gordura, chantilly e xaropes que eu nem passo mais em frente.
Como passar vontade não é comigo, numa tarde de TPM criei esse drink semi-gordinho, com um leite vegetal super do bem: Iced Coffee Choccocino.
Eu não sei se vocês sabem, mas a Nespresso tem umas cápsulas com sabores diferentes: baunilha, caramelo e chocolate – Vanilio, Caramelito e Ciocattino, respectivamente. Desses 3, o Vanilio é, de longe, meu preferido. Mas como o negócio aqui era chocolate, botei pra jogo uma maravilhosa cápsula de Ciocattino, o nespresso de ~chocolate~.
Não tem Nespresso? Sem problema. Você só vai precisar de um café caseiro mais forte, pra poder dar sabor ao drink!
Não tem intolerância a leite de vaca? Faz com ele, fica a teu critério!
Quer realmente comemorar a sexta-feira? Acrescenta uma dose de Amarula ou Bailey’s, que aí é pacabá!!!
Iced coffee Choccocino:
1/2 xícara de leite vegetal (aqui no blog tem receita de Leite de Amêndoas, Côco ou Castanha)
3 pedras de gelo
1 cápsula de Ciocattino – extraído no modo Lungo (110 ml de café)
10 gramas de chocolate amargo (de preferência, acima de 50% de cacau – eu usei o “Cacao Trinitario de Bahia”, da cooperativa Cabruca, que produz e exporta cacau orgânico)
Adoçante da sua preferência
Coloque um quadrado de chocolate no fundo de uma xícara ou copo. Extraia um Ciocattino Lungo por cima do chocolate (para derretê-lo) e deixe esfriar.
Em um liquidificador, bata o leite vegetal com as pedras de gelo até desfazer as pedras. Junte o café com chocolate derretido e bata bastante, até ficar bem incorporado. Adoce a gosto.
Despeje em uma taça e decore com raspinhas de chocolate. Esse ralador da foto se chama Microplane e é apenas uma das coisas mais maravilhosas já inventadas. Ele vai deixar seu Chococcino assim, essa maravilhosidade, ó: <3
Publicado em 21 comentários

Como fazer: Leite de Côco

Mais uma vez, estou impressionada com a riqueza da natureza. Não é que a gente não saiba das coisas, mas ver a transformação bem diante dos seus olhos e sem esforço é algo.
Côco fresco e água morna. É só o que você precisa pra se livrar da garrafinha que parece inocente, mas é cheia de Conservante, Acidulante e Espessante.
Nossos olhos são tão (mal) acostumados com o que é belo, mingaus espessos, cremes grossos e misturas que não se separam, que quando a gente encontra algo feio, com resíduo depositado no fundo do vidro ou sem aquela cor viva, logo torcemos o nariz e seguimos com o carrinho adiante, por algo mais colorido, mais cremoso… menos natural.O seu leite de côco caseiro pode não ser tão grossinho e aveludado quanto o do mercado, mas não tem ingredientes impronunciáveis ou com códigos esquisitos. Realmente, uma escolha de Sofia… SÓ QUE NÃO!
“Ah, mas eu compro a versão light, então tem que ser o do mercado mesmo, Manu!”
E se eu te disser que a versão light, além de Conservantes, Acidulantes e Espessantes, RETIRA A GORDURA BOA do côco? Você compra a sua garrafinha ~light~ e acaba com uma enganação nas mãos.
SABE DE NADA, INOCENTE!
Um líquido praticamente estéril, com cheiro de côco, espessado na fábrica e sem as propriedades boas da gordura do côco, que atua tão bem na digestão, acelera o metabolismo e fortalece nosso sistema imunológico. Fica com a gordura do côco e dispensa o bacon, gente.
Vale um mea culpa nessas horas: usei leite de côco light durante anos a fio, acreditando que estava fazendo um negócio da China. Notícia boa: tenho montes de receitas que agora serão devidamente adaptadas e testadas com leite de côco de verdade! <3
Faça um favor a você mesmo: faça essa receita.
Eu compro o côco no Hortifruti, que vende ele inteiro (pra partir em casa) ou a polpa fresquinha já ralada, sem açúcar. Altamente viciante, a vontade que tenho é de não parar de comer aqueles floquinhos nhom nhom nhom. Acredito que se você não encontrar côco fresco, pode tentar fazer com côco desidratado sem açúcar. Eu deixaria ele hidratar em um pouco de água morna durante 1 hora antes de bater. =)
Leite de côco:
1 xícara de côco fresco ralado
3 xícaras de água quente (não é pra ferver!)
Bata o côco com a água no liquidificador por 3-5 minutos.
Passe o líquido por uma peneira bem fininha – eu costumo usar um coador de voile, como esse da foto abaixo:
Esse foi comprado no Carioca Zen, aqui no Rio. Gosto muito porque ele tem um elástico com regulagem, o que permite que você deixe ele bem ajustado no copo e possa ir despejando o líquido. Depois, é só apertar bem com as mãos para obter o máximo de leite.
Não jogue fora o côco que sobrar! Assim como o resíduo do leite de amêndoas faz um pesto maravilhoso (ensinei aqui), dá pra fazer receitas incríveis com o resíduo do leite de côco: olha esse Mini Bolo de Quinoa e Côco!
Homemade Coconut Milk:
1 cup shredded fresh coconut
3 cups hot water
Blend the coconut with the hot water for about 3-5 minutes. Strainn the remaining coconut with a cheese cloth, pressing it to obtain all the milk. Store in a refrigerator for no more than 3 days.
Do not throw away the remaining coconut. As seen with the almond milk (and my recipe of Pesto), you can create nice recipes with the residue! By the way, our next recipe will use homemade coconut milk and its residue! =)
Publicado em 1 comentário

Smoothie Antioxidante

Mais uma sugestão pra ajudar todo mundo a entrar na onda da Segunda Sem Carne (mais informações nesse post aqui)! Dessa vez, achei bacana postar uma receita docinha – ideal para o café-da-manhã ou o lanche da tarde.Amei a combinação de leite de amêndoas com as blueberries: além do gosto super amendoado, o smoothie fica docinho (dá pra acrescentar mais tâmara se você achar que não está suficiente) e nutritivo. Essa é uma receita feita com ingredientes bacanas e ricos em propriedades benéficas pra gente.

Usei meu leite de amêndoas caseiro (receita aqui) e uns ingredientes especiais, com propriedades antioxidantes: juntos, eles formam esse smoothie cremoso e super deli: <3


Leite de Amêndoas – rico em gorduras do bem (das amêndoas), é ideal pra quem tem restrição a lactose ou não consome produtos de origem animal.
Goji Berry e Mirtilosrepletos de vitamina C, são alimentos com propriedades antioxidantes, que ajudam a dar aquele “up” no nosso sistema imunológico.

Tâmaras – ricas em fibras e potássio (ajuda a evitar cãibras – bom pra quem gosta de dar aquela corridinha!).

 

Smoothie Antioxidante:
180 ml de leite de amêndoas caseiro (receita aqui)
3 colheres de sopa de mirtilo/blueberry congelado
1 colher de sopa de goji berry
2 tâmaras
No copo do liquidificador, despeje o leite e a goji berry e espere uns 10 minutos.
Adicione os mirtilos congelados, as tâmaras e bata por 2 minutos.
This smoothie is absolutely delicious. I used my homemade almond milk (recipe here) and some special ingredients, with antioxidant properties: combined, they turn into this creamy smoothie. <3
Antioxidant Smoothie:
180 ml homemade almond milk (recipe here)
3 spoons of frozen blueberries
1 spoon of goji berries
2 dates
Put the goji berries and the almond milk in the blender and let it rest for about 10 minutes. Add the blueberries and the dates and blend until smooth.