Publicado em 5 comentários

Abobrinha Grelhada com Molho de Cebolas Roxas e Hortelã

Acho que essa é uma das receitas mais simples e deliciosas que já postei aqui. Comecei a fazer um almoço e terminei com um banquete na minha frente! Um luxo essa abobrinha, se você fizer em quantidade dá pra encher uma bela travessa e servir ela bem linda, com o molho e folhas extras de hortelã pra decorar. ♥

Detalhe: o molho só saiu porque tinha um punhado de hortelã de bobeira na geladeira, que eu precisava usar – senão ia estragar ou virar suco.

Nunca tinha comido abobrinha com hortelã antes, e confesso que tive que testar antes de misturar a hortelã picada no azeite: Amei!!!

Não dá pra errar com abobrinha. Além de ser um ingrediente maravilhoso para quem faz dieta, é uma delícia, versátil e funciona MUITO bem! Olha quanta receita maravilhosa tem aqui no blog com esse ingrediente:



Vamos à receita? É super fácil, você só precisa de atenção na hora de grelhar as abobrinhas. Pode ser que em uma frigideira normal demore um pouco mais – eu usei uma frigideira própria para grelhar, ela tem umas elevações que dão esse efeito de listras no legume.

2015-01-21 12.14.11-1


Abobrinhas Grelhadas

2 abobrinhas cortadas em rodelas finas

Azeite para untar as rodelas

Corte as abobrinhas em rodelas finas, unte levemente com azeite (ou outro óleo de sua preferência) e grelhe em uma chapa bem quente, por aproximadamente 2 minutos de cada lado. Retire do fogo e vá arrumando na travessa que você vai servir.

2015-01-21 12.34.47


Molho de Hortelã

1/2 xícara de azeite extra virgem

1/4 de cebola roxa cortada miudíssima

15 folhas de hortelã bem picadinhas

sal a gosto

Misture todos os ingredientes e sirva com as abobrinhas.

2015-01-21 12.32.14-1

Publicado em 7 comentários

Salada de Atum com Grão de Bico

Sabe aqueles jantares que você faz na pressa, meio de qualquer jeito, só pra aplacar a fome pós academia? Geralmente sai uma batata doce, um frango grelhado ou uma salada misturada, tudo de qualquer jeito. É como se você estivesse comendo só pra “cumprir a tabela da nutricionista”.

Não precisa ser assim. Esse prato quase saiu de qualquer jeito, mas cheguei à conclusão que tudo pode ser do melhor jeito: a comida arrumadinha com capricho dá até mais vontade de comer! ♥

salada de atum com grao de bico cozinho logo existo

Salada de Atum com Grão de Bico (2 porções)

2 xícaras de grão de bico cozido

1 lata de atum (sem molho, dê preferência ao conservado em água)

1/2 cebola picadinha (o menor que você conseguir)

1/2 tomate picado em cubinhos

1 limão

Azeite

Um punhado de nozes

Sal, orégano e pimenta do reino a gosto

Folhas de manjericão

Misture o grão de bico com metade da quantidade de cebola, tomate, nozes, esprema meio limão e tempere com azeite, sal e pimenta a gosto. Reserve.

Escorra a água do atum e tempere com metade da cebola, meio limão, azeite e orégano. Prove o sal e veja se precisa colocar (atum enlatado já costuma ser meio salgadinho).

Arrume metade do grão de bico em um prato e sirva com metade do atum. Decore com folhas de manjericão, nozes e tomates picados e um fio de azeite.

Publicado em 7 comentários

Tomatinhos Marinados (em dia de festa)

 

Essa receita é SUCESSO garantido! Servi uma travessa bem cheia desses tomatinhos e não sobrou uma folhinha de manjericão pra contar a história.

Calorão, todo mundo de dieta, uma saladinha saborosa e colorida… perfeito, né?

Como essa semana foi Festa de Reis resolvi fazer a versão ~festa~ desses Tomatinhos aqui. Essa salada pode ser feita no dia em que for servida ou um dia antes, mas é importante deixar ela descansar na geladeira pelo menos 2 horas antes de servir.

Encontramos tomates cereja desses que a gente só vê em programas culinários gringos: vermelhos e amarelos! Se você não encontrar dos amarelos, use vermelhos, e tente usar tomates de tamanhos variados, já vi no hortifruti uns tomates cereja mais compridos, outros gordinhos e alguns bem miúdos. Isso deixa a salada linda: os menores você deixa inteiros e os maiores, corta ao meio ou no sentido do comprimento.

Mussarelinhas de búfala na versão mini também deixam a salada uma fofura.

O manjericão a gente coloca por último e tem que estar super fresco. Além de dar um sabor incrível ele também funciona como decoração do prato, meio rústico, meio free style, mas sempre por último pra que as folhas não fiquem escuras.

tomatinhos marinados em dia de festa cozinho logo existo

Tomatinhos Marinados (em dia de festa):

  • 1 kg de tomates cereja (pode usar mais, umas 4 bandejinhas)
  • 1/4 cebola branca cortada miudíssima (opcional)
  • 1 dente de alho ralado
  • Azeite a gosto (sem medo de ser feliz)
  • Vinagre branco a gosto (pouquíssimo, prefiro o branco para não escurecer as mussarelinhas)
  • 1/2 maço de manjericão + 6 folhas de manjericão picadinhas
  • 200 g de mini mussarela de búfala*
  • Sal a gosto
  1. Higienize e seque bem os tomates. Corte os maiores ao meio ou no sentido do comprimento e deixe alguns inteiros.
  2. Em uma tigela, coloque os tomates, o alho ralado, a cebola, azeite, vinagre e umas 6 folhinhas de manjericão picadinhas. Misture tudo, adicione sal (não muito, pois os sabores se concentram). Prove os temperos, tampe (ou cubra com plástico filme) e mantenha na geladeira.
  3. Na hora de servir, junte as mussarelinhas, as folhas de manjericão e misture tudo muito bem. Transfira para o prato que você vai servir e jogue mais algumas folhas de manjericão para decorar.

*Se só achar as bolotas maiores da mussarela de búfala, corte algumas ao meio e outras em 4 partes. Se não encontrar mussarela de búfala, use um queijo minas magro cortado em cubos, ou uma ricota bem firme em quadradinhos, mas junte somente na hora de servir.

Aqui a saladinha antes de ser devorada… ela SUMIU, gente!

2015-01-09 13.50.58

Você pode deixar ela pronta e só servir no dia seguinte: o tempero vai “pegando” cada vez mais nos tomatinhos.

 

Publicado em 2 comentários

Ratatouille Prática

Eu prometo que não vou começar essa receita falando de abobrinha. Já falei de todo o meu amor por esse legume aqui e aqui. <3 Hoje ele se uniu com a berinjela, o tomate e o alho pra presentear a gente com uma das receitas mais fáceis de todos os tempos: Ratatouille.
Sim, a receita do filme do ratinho. Não, não fiz igual. Pensei nas amigas que não têm tempo de fazer molho de tomate fresco pra usar na base (OI, EU) e decidi que uma fina camada de azeite aromatizado com alho era suficiente. Ah, gente, como esse encontro de legumes é lindo.
Faça um esforço pra picar tudo bem fininho. Minha dica é usar uma faca bem afiada, as rodelas finas fazem toda a diferença na apresentação.
Mais uma dica: é bom ter cuidado com legumes como a berinjela. Se a receita pede por uma berinjela, compre 3 por precaução: nada pior do que começar a fatiar e encontrar um bichinho lá dentro. Sim, acontece muito – mas se você tiver uma berinjela extra não é motivo pra desespero, né? =)
Ratatouille:
1 berinjela
1 abobrinha
6 tomates
6 dentes de alho filetados
azeite a gosto
sal
pimenta moída (pode usar preta ou branca)
ramos de tomilho, orégano, alecrim OU manjericão (opcional, mas escolha apenas um desses temperos)
Com a ajuda de um mandoline ou uma faca bem afiada, corte a abobrinha, berinjela e tomates em fatias finas.
Parta um dente de alho no meio e esfregue no fundo da assadeira que você vai assar os legumes. Em seguida, unte com azeite e monte o ratatouille, intercalando fatias de abobrinha, berinjela e tomate, até acabar com os legumes.
Coloque alguns filetes de alho entre as fatias, regue com azeite e tempere com sal e pimenta do reino.
Se desejar, jogue folhas de manjericão, ramos de alecrim, tomilho OU orégano para perfumar.
Cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao forno a 180º por 40 minutos. Retire o alumínio e cozinhe por mais 20/30 minutos, até os legumes ficarem cozidos.
I promise not to begin this recipe talking about my love for courgettes. I’ve done it before, here and here. <3 Today, courgettes unite with lovely aubergines, tomatoes and garlic to make one of the  most amazing and easy recipes: Ratatouille.
Yes, it’s the recipe from the movie. No, it’s not the same. It took some thinking about those who DID NOT have the time to make homemade tomato sauce, from scratch. I just think to myself: “some olive oil and garlic will do JUST FINE”
Take your time and thinly slice your veggies. Use a sharp knife – or a mandoline.
Another tip: watch out for veggies such as aubergines and its worms. This recipe calls for 1 aubergine? Buy 3, there’s nothing worse than start to slice it and find worms. Yes, it happens a lot – but if you have that extra aubergine, there’s no need to worry. =)
Ratatouille:
1 courgette
1 aubergine
6 tomatoes
6 cloves of garlic, thinly sliced
olive oil
salt
pepper (you can use black or white)
sprigs of thyme, oregano, rosemary OR basil leaves (totally optional, but choose only one of those herbs)
Using a mandoline or a very sharp knife, thinly slice the courgette, aubergine and tomatoes.
Smash a clove of garlic and rub it into a baking tin. Brush olive oil into the baking tin and assemble the ratatouille, layering the vegetables – use 1 slice of courgette, 1 slice of aubergine and 1 slice of tomato.
Insert the garlic into the sliced veggies, drizzle some olive oil, season with salt and pepper.
If you want, use some sprigs of rosemary, thyme, oregano or basil leaves.
Cover the baking tin with foil paper and bake at 180º for 40 minutes. Remove the foil and cook for aprox. 20/30 minutes, until the veggies are cooked.
Publicado em 5 comentários

Salada de Lentilhas

Como estou sem internet e dependendo do roteador do telefone, o ritmo de postagens está meio devagar… pra não ficar sem saber de nada, é só acompanhar o instagram do blog: @cozinhologoexisto Lá, além de todos os posts daqui, compartilho algumas fofuras, novidades e detalhes do meu dia a dia!
Tem dias que você só precisa de uma salada simples, rica e sem frescura… essa saladinha de lentilhas é campeã! Rica em proteínas (lentilha), pra turbinar a @segundasemcarne. A melhor parte: fica pronta rapidinho e pode ser comida morna!
Essa é uma salada clássica. O tempero usado nela pode ser usado pra fazer salada com outros grãos: feijão fradinho, feijão branco, grão de bico, cevadinha… e as variações são infinitas. Você pode usar vinagre balsâmico, de arroz, de maçã, suco de limão galego/siciliano… façam e me contem! =)
 
 
 
Salada de lentilhas:
1 xic. lentilha seca
1/2 cebola picadinha
1 dente de alho espremido
uma mão cheia de salsinha picada
Azeite
Vinagre ou Suco de 1/2 limão
Sal a gosto
Pimenta moída na hora (opcional)
Cozinhe as lentilhas em água até ficarem “al dente”: macias, porém firmes. Elas ficam prontas rápido, então vá experimentando enquanto cozinha.
Em uma tigela, junte os demais ingredientes: cebola, alho, salsa, azeite, vinagre/suco de limão e sal. Escorra a lentilha cozida e junte ela aos demais ingredientes, ainda quente: o calor faz com que ela fique mais temperada.
Prove o sal/pimenta e se quiser, sirva ainda morna, com nozes tostadinhas por cima.
Publicado em 2 comentários

Coleslaw Funcional com Maionese de Linhaça

Outro dia, minha amiga Carol me mandou fotos de uma salada belíssima que ela fez (ela é fera na cozinha)! Fiquei morrendo de vontade de fazer o tal Coleslaw (que tradicionalmente leva repolho e maionese), meu estômago gritava siiimmm mas minha mente gritava nãaaooo…
Me restou viajar na possibilidade de fazer uma versão mais light do pratinho, pra aplacar minha vontade, que estava incontrolável.
Dei uma enriquecida com cenoura ralada e pimentão e modifiquei uma receita antiga de um molho maravilhoso servido em um restaurante em Florianópolis, o Hippo (pra mim, o melhor mercado de Floripa – disparado). O molho original, que levava até semente de papoula, virou uma maionese de linhaça!
A dica é: faça o molho antes e deixe ele na geladeira enquanto prepara os outros ingredientes. Se sentir falta de uma proteína, pode adicionar frango desfiado.
coleslaw funcional com falsa maionese de linhaca cozinho logo existo
Coleslaw Funcional:
1/2 repolho picado em fatias fininhas (usei dos 2 tipos: roxo e verde)
1 cenoura ralada
1/2 pimentão cortado em cubinhos
um punhado de salsa picadinha
Ferva um pouco de água e escalde o repolho por uns 30 segundos. Escorra toda a água, espere ele esfriar e misture aos demais ingredientes. Cubra com o molho, misture bem e sirva geladinho.
Maionese de linhaça:
1/2 cebola roxa
1/2 xícara de azeite extra virgem
3 colheres de sopa de mel ou calda de agave (pra tornar a receita vegana, aí sim com 100% ingredientes de origem vegetal)
suco de 1 limão
2 colheres de sopa de farinha de linhaça dourada
2 colheres de sopa de água
sal e pimenta a gosto
Jogue todos os ingredientes no liquidificador e bata até a cebola ter se desmanchado completamente. Prove os ingredientes e ajuste o tempero. Se estiver muito doce, não jogue sal: é melhor espremer um pouquinho mais de limão antes de carregar no sódio! O molho fica um pouco líquido mesmo. =)
Publicado em 10 comentários

Vagem francesa delícia – ao alho, azeite e amêndoas.

façam. esta. receita.
Presenciei uma pessoa que nem gosta de vegetais tanto assim devorar e acabar com um pote dessa iguaria! Pra variar, não tem mistério – apenas use os legumes mais frescos que você encontrar!
Ah, um segredinho: você TEM que tostar as amêndoas. Se não tostar, elas têm gosto de… nada. Tostadas, a mágica acontece, o cheiro das nozes sobe e a tua cozinha vira o paraíso.
É uma receita simples, mas muito incrível!

Vagem francesa delícia:

1 bandeja de vagem francesa
6 dentes de alho espremidos
um punhado generoso de amêndoas em lâminas
Azeite
Sal

Pra começar, toste as amêndoas. Você pode fazer isso no forno, em um tabuleiro (e ter que ficar olhando e mexendo para elas não queimarem) ou em uma frigideira antiaderente. Eu prefiro na frigideira, é super rápido, basta ficar sacudindo elas até ficarem tostadinhas.

Lave, escorra e retire as pontinhas das vagens francesas. Ferva água em uma panela e jogue as vagens por apenas 30 segundos: escorra imediatamente.
Nesses 30 segundos, você já vai ter aquecido o azeite e o alho em uma frigideira antiaderente: ele vai começar a dourar levemente. Quando estiver dourando, jogue as vagens escorridas, sacuda a frigideira (cuidado pra elas não caírem) e salpique com sal a gosto.
Coloque as vagens em um prato bem lindo e decore com as amêndoas tostadas.
E me conte, por favor, se fez sucesso. =)

Publicado em 1 comentário

Tomatinhos marinados

Aprendi essa receita com uma de minhas tias, que sempre fazia pra mim. É muito especial e versátil: acompanha carnes, batata cozida, cobertura de bruschetta, salada… e fica perfeita como molho gelado para uma massa no verão.
Tomatinho marinado é amor e truque na cozinha!
Tomatinhos marinados
Um punhado generoso de tomates cereja (pode ser uma bandejinha do mercado)
1/2 dentinho de alho ralado
Azeite a gosto
Vinagre a gosto
Sal
Salsa ou Manjericão
Corte os tomates em 2 ou 3 pedaços. Misture com os demais ingredientes e deixe “pegar tempero” por pelo menos uma hora. De um dia para o outro fica muito mais gostoso!
Publicado em 11 comentários

Abobrinha marinada

Eu sou apaixonada por abobrinha. Desde a versão mais gordinha – empanada – até essa, super light. Sempre faço essa abobrinha e deixo pronta: ela me ajuda a incrementar o sanduíche sem graça de queijo cottage, a saladinha de alface e ainda faz bonito ao lado de um grelhado.
Também já imaginei uma pizza com molho fresco de tomates, mussarela derretida e essa abobrinha coroando. Imaginei mas não fiz, sabe.
A melhor parte dessa receita? Quanto mais tempo passa, mais o sabor dos temperos apura. No caso do alho, depois de dois dias a abobrinha vem “xingando até a mãe” – uma delícia, ardidinha na medida. Eu amo! Se quiser um sabor suave, diminua o alho.

 

 

Abobrinha marinada*:
2 abobrinhas médias cruas cortadas em fatias finíssimas**
1/2 xícara de azeite (pode usar mais se quiser)
1/2 limão espremido ou um jato generoso de vinagre branco
1 dente de alho ralado
raspinhas de limão
orégano, sal e pimenta do reino a gosto
Misture o azeite, vinagre ou suco de limão, alho, sal e orégano em um pote.
Em uma tigela, vá distribuindo fatias da abobrinha e regando com a mistura de temperos.
Regou? Nova camada de abobrinhas, tempero e abobrinhas, até acabar com tudo.
Leve pra geladeira, espere uma hora e está pronta.
No dia seguinte os temperos apuram e ela fica mais incrível.
*Essa receita rende muitas abobrinhas, se você morar sozinho faça meia receita.
**Para ela ficar fininha e uniforme, se não rolar muita habilidade com a faca, use um cortador tipo esse aqui, ó: