Brunch/ Café da manhã/ Receitas

Tartine de Pêssegos Grelhados, Baunilha e Mel

Há tempos, desenvolvi um hábito delicioso: o de comer pão bom, de verdade.

Pense em casca crocante (dura, sim senhores), miolo consistente, alvéolos enormes.

Pense em acidez, em complexidade de sabores, em texturas.

Não é fácil encontrar um bom pão: eu diria que a busca é hedonista – e deveras difícil.

O ápice supremo é a casca crocante, “queimada” e o miolo quente de alvéolos gigantes.Pão da Slow (3 de 9)

Pão da Slow (5 de 9)

E o cheiro, meu Deus. Devo ter sido padeira em outra encarnação, pão é algo que me encanta profundamente.

Pão bom, que fique claro.


E nessa busca, me deparei com o pão da Slow Bakery. Que é o que o nome já diz: slooooooow.

Pão da Slow (1 de 9)

Fermentação longa. Ingredientes de qualidade. Sabor divino e competência.

Quando chego naquele balcão tenho até dificuldade pra escolher: eu quero todos.

Essa casca, gente.

Pão da Slow (4 de 9)

Quente, uma fatia dessas equivale a um abraço. Acalenta. Acalma.

Poderia lamber os beiços só com ghee e flor de sal, mas resolvi ir além e fazer uma graça: Tartine.

Tartine: fatia. torrada. cobertura deliciosa. amor. ♥

A imaginação – e seu estômago são o limite de toda a deliciosidade que você quiser criar.

Sem geléia em casa, resolvi fazer um creme de Castanha de Caju – pai eterno, como ficou bom com os pêssegos!

Pão da Slow (9 de 9)

Bastou deixar 1 xícara de castanha de molho por 2 horas e bater com água, mel e baunilha.

Creme de castanhas docinho e saboroso. ♥

Grelhados, os pêssegos ficaram ainda mais doces – estavam mega suculentos e bastou passar alguns minutos no grill.


Tartine de Pêssegos Grelhados, Baunilha e Mel

  • 2 fatias generosas de pão de boa qualidade
  • 1 pêssego maduro
  • Mel (a gosto)
  • Folhas de hortelã (opcional)
  • 2 colheres de sopa de Creme de castanhas de caju
  • Flor de sal (a gosto)
  1. Aqueça o forno a 200 graus.
  2. Corte os pêssegos ao meio, retire o caroço e divida cada metade em 4 gomos.
  3. Toste as fatias de pão por 10 minutos, virando na metade do tempo.
  4. Aqueça um grill.
  5. Grelhe as fatias de pêssego por aproximadamente 3 minutos de cada lado.
  6. Espalhe 1 colher de creme de castanhas em cada fatia.
  7. Disponha 4 gomos de pêssego por tartine.
  8. Regue com mel, salpique flor de sal e distribua folhas de hortelã.

Pão da Slow (7 de 9) 2

Creme de Castanhas de Caju

  • 1 xícara de castanhas de caju (sem sal)
  • 1/2 xícara de água fervente
  • 1/2 fava de baunilha OU 1 colher de sopa de extrato de baunilha
  • 3 colheres de sopa de mel
  1. Deixe as castanhas de caju de molho em bastante água por pelo menos 2 horas.
  2. Escorra a água e bata as castanhas com 1/2 xícara de água fervente e a baunilha até obter um creme liso e uniforme.
  3. Pode ser que você precise parar de bater e raspar as laterais do liquidificador.
  4. Adoce com mel a gosto e armazene em geladeira por até 3 dias.

Pão da Slow (8 de 9)

Você também irá gostar de ler:

2 Comentários

  • Reply
    Ivete
    07/09/2016 at 10:56 am

    Amei Manu….já fazendo!

  • Reply
    Hanna
    09/09/2016 at 4:13 pm

    hummmm q delicia!! Nossa, nao sou daqui do Brasil, sou da Alemanha e essas fotos do pao me deixou com uma vontade daquele pao preto com sementes de girassol q minha mae sempre comprava…

  • Deixe um comentário